“Os Jardins Fazem a Cidade”, de Michel Corbou

Aliança Franceza traz para São Paulo exposição fotográfica de Michel Corbou.

Mostra “Os jardins fazem a cidade” estará em cartaz no MuBE de 22 de junho a 28 de julho

São Paulo, junho de 2013 – São Paulo receberá, em 22 de junho, a exposição fotográfica “Os jardins fazem a cidade”, baseada no livro “Des Jardins dans la ville” (“Jardins na cidade”; arte/La Martinière, 2011), do renomado fotógrafo francês Michel Corbou. A mostra é uma parceria entre a Aliança Francesa e o MuBE – Museu Brasileiro da Escultura.

A exposição elucida a importância dos jardins e da paisagem como patrimônio coletivo das cidades, e apresenta, em 69 fotos, o olhar do artista defensor dos jardins públicos. Os trabalhos expostos em São Paulo mostram 57 cenas de jardins e paisagens urbanas, que foram captadas pela Europa (na França, Espanha, Portugal, Itália, Alemanha, Grécia e Suíça), e 12 imagens do Brasil (no Rio de Janeiro, Brasília e São Paulo), onde Corbou esteve entre novembro e dezembro do ano passado.

A mostra, que passou pelo Museu do Meio Ambiente do Jardim Botânico do Rio de Janeiro de março a maio deste ano, contempla cenários conhecidos e outros pouco explorados, que vão desde cartões postais, como o Jardim de Luxemburgo (fonte Médicis), em Paris, a espaços privados, como o Varengeville, no litoral da Normandia, ou paisagens antigas, como o Kolymbetra, no vale dos templos no sul da Sicília, que data o ano de 500 antes de Cristo.

Durante anos, as atividades de fotógrafo e autor de documentários levaram Corbou a se interessar pelos jardins públicos, sempre com um olhar político sobre esses espaços. Algumas referências desta visão são suas exposições em Paris (2011, 2012, 2013), o documentário “Les jardins font la ville” (“Os jardins fazem a cidade”)  e a obra “Des jardins dans la ville” (“Os jardins na cidade”). Atualmente, o artista trabalha na formatação da história da primeira globalização, chamada “Le Voyage des Plantes” (“A viagem das plantas”).

A realização da exposição é da Aliança Francesa em parceria com a Câmara de Comércio França-Brasil, que promove a Semana Francesa de 14 a 23 de junho, em que a exposição de Corbou é uma das atrações. A Escola da Cidade, também parceira evento, promoverá uma conferência com o fotógrafo no dia 19 de junho, às 18h, no Teatro Aliança Francesa de São Paulo. Antes da conferência, será exibido o filme “Les jardins font la ville”, concebido e roteirizado por Michel Corbou, que conta com a participação de Gilles Clément, François Barré, Pascal Cribier, Peter Latz, Olivier Mongin e Michel Péna. O filme é em francês, com legendas em português, e também será exibido no MuBE durante todo o período da mostra.

Sobre Michel Corbou

Fotógrafo, autor, realizador de manifestações artísticas, Michel Corbou se interessou durante muito tempo pelas novas formas desenvolvidas pelas NTIC (novas tecnologias da informação e da comunicação). Contudo, o essencial do seu percurso revela como marca pessoal uma atração constante pelas relações desenvolvidas entre natureza e cultura, concretizada pela produção de exposições “Interactive Plant Growing” – “Interação com o crescimento da planta” – (L. Mignonneau/C. Sommerer, Monaco, Musée Seita/Paris, 1994), de instalações sonoras “Le Triangle d’Incertitude” – “O triângulo de incerteza” – (C. Le Prado, Paris, Brest, 1996), ou por uma pesquisa feita no Canadá (Montreal, Banff Center for the Arts, Vancouver, 1996-97) como bolsista da “Villa Médicis Hors les Murs”.

Durante anos, sua atividade como fotógrafo e como autor de documentários o levou a se interessar pelos jardins públicos, território de um olhar político sobre esse ideal laico, republicano e internacional. Diferentes exposições em Paris (2011, 2012, 2013), o documentário “Les jardins font la ville” (“Os jardins fazem a cidade”)  e a obra “Des jardins dans la ville” (“Jardins na cidade”)  são referências desse olhar.

Entre os inúmeros projetos, no qual o jardim público é o vetor essencial, ele busca atualmente um trabalho de formatação da história da primeira globalização: “Le Voyage des Plantes” (“A viagem das plantas”).

Sobre a Aliança Francesa

Única instituição reconhecida internacionalmente pelo Ministério de Educação da França para o ensino de francês, a Aliança Francesa está presente no Brasil há 126 anos. Com uma rede de 40 associações e nove centros correspondentes, a instituição está presente em quase todos os estados brasileiros e, embora sua atuação seja independente, a coordenação dos programas de ensino de toda a rede é garantida por uma Delegação Geral. Na cidade de São Paulo, a Aliança Francesa possui sete unidades, com método de ensino adaptado para diversos públicos. Além dos cursos de língua e de cultura francesa, a Aliança Francesa também promove atividades culturais voltadas ao turismo, teatro, cinema, entre outros.

Serviço:

Os Jardins Fazem a Cidade – Les jardins font la ville

MuBE – Av. Europa, 218 – São Paulo

22 de junho a 28 de julho

Terça a domingo das 10h às 19h

Entrada gratuita

 

Encontro com Michel Corbou e exibição do filme “Les jardins font la ville”

Onde: Teatro da Aliança Francesa – Rua General Jardim, 182 – Vila Buarque

Quando: 19 de junho, às 18h.

Entrada gratuita