Sujeito-Projeto – Artistas Educadores do MuBE

Texto Curatorial

Ao entrar na exposição Sujeito-Projeto, dos artistas e educadores do MuBE: David Mota, Francisco Rosa, Lucas Arguello, Tamara Faifman, temos a impressão de que se trata de um espaço em ação. Mais adiante, ao permanecer frente ao conjunto de trabalhos, fica difícil definir uma leitura específica sobre a natureza da ação apresentada. Produção poética instalativa, interativa, pedagógica, pessoal ou colaborativa?

As relações entre trabalhos criados no ambiente do educativo, os materiais advindos de exposições anteriores (mediadas por eles), a possibilidade de participação do público (que pode continuar a construção de cada trabalho), as oficinas práticas oferecidas em torno de cada proposta no próprio espaço expositivo – borram os limites entre o artístico e o pedagógico.

A ideia de um sujeito que se projeta-preenche dia a dia em seu trabalho permeia esta exposição. Para além de suas funções institucionais, os educadores se lançam o tempo todo em produções de todas as naturezas. A partir da convivência com o conjunto de obras das diversas exposições promovidas pelo Museu, os educadores são convidados a se expressar em criações multilinguagens, que assumem um formato físico e virtual nos canais da Ação Educativa da instituição.

A principal intenção é legitimar seus devaneios e inconstâncias poéticas, como material de pesquisa e reflexão no campo da Arte e da Educação. Os trabalhos apresentados nesta exposição compõem uma parte do que é constantemente produzido na fronteira entre o artístico e o pedagógico. Muitos desses trabalhos, “pessoais”, acabam integrando as propostas da equipe de Ação Educativa em um constante movimento de criação colaborativa.

Assim, é com muita satisfação que apresentamos/projetamos ao público a primeira exposição “Sujeito-Projeto” – uma porção do dia-a-dia criativo da equipe de Ação Educativa do MuBE.

Sejam bem vindos!

Do amigo, curador por um dia, e coordenador da Ação Educativa

Murilo Kammer

Sobre os artistas educadores:

David Mota nos presenteia com a coleção completa de seus “famosos”  Toys, que vem sendo elaborados há mais de um ano e meio e já são conhecidos pelo público (adulto e infantil) e por todos os artistas que expuseram no MuBE como um excelente instrumento artístico e pedagógico.

Lucas Arguello é antes de tudo um entusiasta das artes. Para trazer um pouco da sua inquietude poética vivida diariamente no contexto da ação educativa do MuBE, Lucas propõe o trabalho instalativo Geografia Pictórica. 

Tamara Faifman coleta emoções, palavras e imagens. Com um caderno sempre à mão, a artista anota tudo que lhe parece relevante em suas experiências diárias. Nesse ambiente confessional (o caderno), as palavras vão sendo imaginadas até ganharem o espaço e se tornarem escrituras participativas.

Francisco Rosa passou pela barreira cultural que separa o artesão do artista visual. Concluiu recentemente uma formação em artes visuais que o ajudou a resignificar seu fazer artístico sem perder a essência da artesania como seu principal procedimento poético-operacional.

Horários e Informações:

Exposição Sujeito Projeto

de 11 a 28 de novembro

terça a domingo, das 10h às 19h na Sala Burle Marx

Curadoria:Murilo Kammer

Saiba mais na fanpage do educaMuBE no facebook.

Fotos da exposição por Murilo Kammer